Visit Blog

Explore Tumblr blogs with no restrictions, modern design and the best experience.

Fun Fact

The majority of Tumblr users, 36%, are aged 18-34, a coveted market for most companies.

Trending Blogs
#E. Carter

softer prompts.
status: accepting.

image

não tinha motivos, de fato, verídicos para odiar seu vizinho, carter, um homem esbelto ━ em sua próprio palavreado, gostoso pra um caralho. a estudante de moda, acostumou-se a passa noites em claro, focada em seus desenhos, com o som alto enquanto rabiscava em folhas de papel. a maioria dos moradores do condomínio faziam o mesmo, seguiam o agitado e contagiante ritmo da cidade de chicago. ele não se portava de tal forma, por sua vez, era tão calado que nem mesmo sons eram ouvidos vindo de seu apartamento. curiosa por natureza, admite que por algumas vezes ficava espreitando no corredor, abria uma frestinha da sua porta assim que ouvia o som do elevador.

ninguém sabia muito sobre o garoto da casa ao lado, mas, isso não impedia-os de criar mil e uma teorias acerca do mesmo. as pessoas eram assim, não se continham quando o assunto era criar boatos sobre outras, alguns chegavam a ser divertidos, enquanto outros macabros, dignos de protagonistas de thrillers e filmes de terror. seus sentimentos ao tratar-se dele não passavam de entusiastas, intrigada pelo mistério por trás daquela porta, isso mudou com o primeiro bilhete.

achou uma audácia! com aquele homem sem nunca ter contato anterior, tivera coragem de reclamar acerca do barulho em seu apartamento? é claro que não eram apenas as músicas que ouvia para se inspirar, presumia que tinha a ver com as pequenas festinhas que dava ocasionalmente ━ e que no fim tomavam um rumo assustador. ainda assim, corinne não se achava uma vizinha incômoda o suficiente para que houvessem reclamações, afinal, depois de anos vivendo ali, ninguém nunca tinha se queixado, ninguém além do senhor chato. não hesitou em pregar um post-it em sua porta com palavras desaforadas, seguiu-se assim por um bom tempo.

não pode dizer que, de fato, acredita em amor a primeira vista, parece irrealístico em sua visão, porém, acredita veementemente em atração, o que sentiu a primeira vez que o viu. os olhares se cruzaram no pequeno elevador, e até ali ela não fazia a mínima ideia de quem se tratava, até tentou uma conversa, falar sobre assuntos típicos sobre o clima, ganhando respostas vagas e as vezes nenhuma. o percurso pareceu durar um século! e quanto chegou ao seu andar, assistiu com os olhos arregalados ele seguir até o apartamento ao lado do seu. quase deu um tapa em si mesma.

quem diria que depois de uma troca de desaforos, ela estaria ali, se espreguiçando seu seu sofá como se fosse a dona do lugar, tagarelando sobre a infame série riverdale. “espero que seja um elogio.” pronunciou sorridente, pausando a tv para que pudesse voltar sua atenção ao rapaz. “oh, espera você está dizendo que nunca conheceu um fã de riverdale?” apertou os olhos, juntando as sobrancelhas, um gesto quase involuntário. “não há muitos de nós, mas, ainda não estamos extintos.”

4 notes · See All
image
@deputyclank

​​  whispered: ‘ are you alright ? ‘ 

                              THREE WORD SENTENCES !:     accepting !!!  

image

▌█ ∵   📚   ∵ █ ▌     Toilet paper held to nose as she sits outside. A librarians work was never easy especially when it came to things like this. She had far worse than a blood nose when it came to cutting off loose ends before so at least this was an easy one. What wasn’t expected was someone checking on her. Glancing up Eve takes a moment to process who exactly is in front of her, things like this were always tricky outside of Barren Falls. At least at home no one questioned what happened, a couple hundred dollars and the police looked the other way if they weren’t a part of the cult. Outside however, things could be more complex messier and she couldn’t help but wonder if she cleaned her hands enough to be outside now. 

But, a girl of looks and knowing it she offered a smile, tilting her head the slightest before leaning it back to where it was. ❝ Oh absolutely. I just hit something a little too hard while helping a friend move is all. ❞ A faux laughter to sell the idea she was just clumsy proceeded to fall past cherry red lips. Holding out her free hand hoping freshly manicured fingernails were free of anything that might show evidence of what she was really doing. ❝ I’m Eve, and I am currently waiting for a coworker to come and get me and this beautiful stack of books. Are you alright? Talking to strangers with bloody noses can be dangerous you know. ❞ 

1 notes · See All
Next Page