marianagcr
marianagcr
Mariana Guimarães
Explore Tagged Posts
Trending Blogs
Statistics
We looked inside some of the posts by marianagcr and here's what we found interesting.
Inside last 20 posts
Time between posts
5024207.3
Number of posts by type
Photo
10
Video
5
Audio
0
Text
4
Chat
0
Answer
0
Link
1
Quote
0
Fun Fact
There's almost an equal split between the sexes on Tumblr - 51% male, 49% female.
marianagcr · 35 years ago
Link
Matéria - Obra de Macrodrenagem do Tucunduba
https://globoplay.globo.com/v/7828215/
<p>Participação em reportagem sobre a Obra de Macrodrenagem do Tucunduba. Fala sobre Campanha &ldquo;<a href="http://bit.ly/TucundubaQueQueremos" target="_blank">Tucunduba que Queremos</a>&rdquo;</p><p>Jornal Liberal - 8 de agosto de 2019</p>
0 notes
marianagcr · 36 years ago
Photo

Palestra - Porque Mudar Nossa Relação com os Rios e o Saneamento Básico

Fala sobre a ODS 6 no Programa Embaixadores da Juventude | Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC)

Post
0 notes
marianagcr · 38 years ago
Photo

Premiação do Concurso “Meio Ambiente: o meu presente e o meu futuro” | Ame o Tucunduba.

O concurso premiou projetos e ações verdes que têm a proposta de contribuir na melhoria do meio ambiente. O Júri foi composto pelos representantes da Delegação da UE e dos países: Alemanha, Bélgica, Itália, Polônia, Portugal e Suécia. A Ame o Tucunduba recebeu o Prêmio Especial da Embaixada da Alemanha.

Posteriormente, o Embaixador da Alemanha no Brasil veio até Belém e levamos ele para vivenciar a Expedição Tucunduba, projeto vencedor do Prêmio.

Post
0 notes
marianagcr · 46 years ago
Text

Projeto CriAtividades - Facom/UFPA 

Facilitadora da Oficina

0 notes
marianagcr · 46 years ago
Video
0 notes
marianagcr · 46 years ago
Photo


Campanha Maré de Revoluções

Planejamento e Produção de Conteúdo da Campanha Maré de Revoluções | Ame o Tucunduba

Argumento:

Você precisa disso? Sabe a origem do produto e para onde ele vai depois? Você pode pagar? Tentar reconfigurar a lógica acelerada de consumo é o primeiro passo para construir uma vida mais sustentável.

Mas sempre lembrando: é preciso cobrar e estar atenta aos discursos produzidos por marcas e governos, para que não se crie apenas uma nova demanda de consumo (com roupagem sustentável) e nem se transfira toda a responsabilidade para os cidadãos.

Aqui na Ame nós acreditamos no poder transformador de cada pessoa, e que dá para fazer a mudança começando de casa, aos pouquinhos. Por aqui vamos compartilhar histórias e dicas que podem te inspirar a construir uma rotina mais consciente.

E para nem te dar tempo de adiar, vamos começar com dicas pro carnaval. Bora fazer uma#maréderevoluções?

Post
0 notes
marianagcr · 53 years ago
Text

Quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

38 dias: essa é a contagem regressiva para encerrar mais um ano. É a época em que começamos a botar na balança tudo o que foi feito e começamos a traçar planos para um próximo ciclo.

Para quem é novo no Correio da Ame, eu sou a Mariana. E não sei como é por aí, mas pessoalmente gosto muito de fazer planos e organizar coisas nos mínimos detalhes. E isso é ótimo, porque me permite construir algo mais sólido e com um direcionamento. Mas confesso, as vezes é sufocante. Isso porque existe uma mania de esperar o cenário perfeito, e quando não acontece, fico meio paralisada.


Hoje faz um ano que a primeira Expedição Tucunduba, aberta ao público, aconteceu. E estou compartilhando isso, com você, porque esse foi o primeiro trabalho que fiz na ame, o que representou um divisor de águas na minha vida.

image

A ame o tucunduba não surgiu com um plano de negócio mega estruturado e uma equipe grande totalmente dedicada ao projeto. A organização surgiu a partir de uma dor. E continua pela vontade de querer mudar uma realidade, sem esperar que alguém assuma o problema, ou que as condições estejam perfeitas para agir.

Planejar é preciso, mas há situações que não podem mais esperar, porque a vida tem pressa. Como é o caso da vida de 27 milhões de mulheres, que não tem acesso à uma infraestrutura adequada de saneamento básico no Brasil. E fazendo um recorte para as regiões norte e nordeste, a realidade é ainda mais dramática: uma em cada duas mulheres não tem acesso à água tratada.

image

Segundo o Estudo “O Saneamento e a Vida da Mulher Brasileira1, essa carência, além de comprometer a saúde, afeta a educação e a renda das mulheres. Ter acesso ao saneamento poderia trazer um acréscimo de cerca de 320 reais, ao ano, na renda dessas brasileiras, podendo gerar um aumento de mais de 12 bilhões na economia do país. Nessa semana, inclusive, aconteceu o World Toilet Day (19 de novembro), uma data que chama atenção para o tema de segurança sanitária, baseada na ODS 6, um problema que afeta milhões de crianças, especialmente meninas. Dá para acreditar que as pessoas têm mais telefones do que banheiros no mundo?

80% da água residual volta para os rios e oceanos sem nenhum tratamento. Em Belém, menos de 10% da população tem infraestrutura de saneamento, sendo este quase inexistente nas periferias. Essa é uma das situações que precisa ser resolvida urgentemente, e não dá para esperar a solução cair do céu. E nós, da ame, acreditamos que os jovens têm um poder imenso para gerar transformação.

1 Instituto Trata Brasil, em parceria com a BRK Ambiental, apoio do Pacto Global, lança o estudo inédito “O Saneamento e a Vida da Mulher Brasileira”, conduzido pela Ex Ante Consultoria.

Por isso, eu quero te fazer um convite ‍♀️

A campanha Abrace os Rios da Amazônia termina dia 27 de novembro, no Dia de Doar. Criado em 2012, pela 92Y, com o nome de #GivingTuesday, a campanha visa estimular doações para organizações com cunho social, e no Brasil ela é realizada desde 2013. Nesse dia, milhares de organizações estarão preparadas para receber doações. Você pode demonstrar seu apoio doando, e tornando pública a sua doação, usando a hashtag #diadedoar.

E pras coisas ficaram mais interessantes, nessa data (27/11) a BrazilFoudation irá dobrar qualquer doação feita na plataforma campanha Abrace os Rios da Amazônia. Se você doar de 10 até 1.000 reais pela plataforma, estará nos ajudando em dobro! As doações podem ser realizadas por cartão de crédito, boleto e Paypal. Mas atenção, para doações em boletos serão considerados os emitidos e pagos das 0h00 às 23h59 (horário de Brasília) do dia 27 de novembro.

Com o dinheiro arrecadado da campanha, nós vamos poder nos regularizar como organização e promover 4 edições da Expedição Tucunduba. Quer fazer parte dessa mudança com a gente?

Então faça sua doação clicando aqui

E compartilha com a gente usando a #diadedoar #ameotucunduba

0 notes
marianagcr · 54 years ago
Video
0 notes
marianagcr · 55 years ago
Text

Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera

Plataformas e meios de comunicação são o que não faltam, mas como sociedade temos falhado muito na tarefa de escutar, se comunicar de maneira não-violenta e construir nossas relações de maneira mais colaborativa.

São muitas as estatísticas e motivos que nos levam a crer que o mundo está perdido. Mas se a gente olhar um pouquinho pro lado, para o que está, muitas vezes, fora do alcance de nossas bolhas sociais, conseguimos enxergar uma multidão de pessoas que estão remando contra a maré. Que não vão arredar o pé, nem descansar, enquanto nossos rios, bairros, cidades e países não forem bons para as suas comunidades.

Por isso, se você está recebendo este e-mail é porque em algum momento cruzou com alguma integrante da Ame o Tucunduba e parou para nos ouvir. Somos imensamente gratas pelo tanto de pessoas que nos apoiam e compartilham de nossa causa. Estamos abrindo este novo canal de comunicação para que possamos conversar mais e com calma.

Falando em coisa boa, em setembro terminamos a primeira edição do projetoFala Tucunduba, que durou três meses e já virou nosso xodó. Financiado pela BrazilFoundation e apoiado pelo Museu Paraense Emílio Goeldi, nós formamos 18 jovens para uma gestão participativa das bacias hidrográficas, com foco no Tucunduba.

image

Se você ainda não nos segue, clica aqui para dar uma olhada

A proposta do projeto é estimular o protagonismo jovem, partindo de análises holísticas das realidades dos rios urbanos e culminando na elaboração de uma ação. Quem acompanha as nossas redes sociais pôde ver a proposta e os resultados dos quatro grupos em ação. Ficamos muito orgulhosas com os resultados, e estamos ansiosas pelos próximos passos das guardiãs e guardiões do Tucunduba!

Depois desses meses de intenso trabalho, fomos convidadas pela BrazilFoundation a participar da Campanha Abrace o Brasil. O objetivo é estimular pessoas a doar e apoiar  Organizações Sociais que estão trabalhando para mudar o país. A Ame o Tucunduba está participando com a campanhaAbrace os Rios da Amazônia, com as doações será possível realizar 4Expedições Tucunduba no próximo ano, além de conseguir nos regularizar como ONG.

image

Há quatro formas de colaborar:

  1. Doando pela plataforma online
  2. Doando pelo cofrinho
  3. Comprando uma camisa da campanha
  4. Compartilhando essa notícia por ai

Se você ficou interessada(o), acesse a plataforma de doações por

aqui

ou entre em contato com a gente por e-mail ou redes sociais

Ficou interessada(o)? Quer ajudar? Clique aqui!

0 notes
marianagcr · 60 years ago
Photo

Oficina - Comunicação para o Impacto Social (2018) 

Fala Tucunduba (Ame o Tucunduba) | Curso de Formação para a Gestão Participativa das Bacias Hidrográficas
Facilitadora da Oficina

Post
0 notes
marianagcr · 60 years ago
Video
0 notes
marianagcr · 72 years ago
Text
image


image
image
image

Campanha do Projeto Expedição Tucunduba | Ame o Tucunduba

Projeto Experimental - Trabalho de Conclusão de Curso

Propostas de Peças e Conteúdo:

- Impresso: cartaz

- Digital: banner eletrônico e vídeos para redes sociais digitais

- Alternativo: fanzine e estêncil

- Assessoria de Comunicação: release e convites por e-mail

Campanha desenvolvida para engajar, prioritariamente, estudantes da Universidade Federal do Pará. A Organização não possuía muitos recursos para a divulgação, então a principal plataforma foras as redes sociais digitais, como facebook e instagram (orgânico). Das peças propostas, apenas as fanzines foram impressas.

Conceito Criativo, Plano de Comunicação e Mobilização, Planejamento de Conteúdo e Produção Gráfica: Mariana Guimarães

0 notes
marianagcr · 95 years ago
Video
0 notes
marianagcr · 97 years ago
Photo

Postagem sobre os 401 anos de Belém | Facom UFPA

Imagem: Márcio Novelino | Texto: Mariana Guimarães

Texto

Belém do verbo acolher, surgiu de um forte para proteger a entrada do Rio Amazonas, e hoje completa 401 anos. Guarda abraços, um sotaque puxado, o calor tropical da floresta e do tacacá, a arquitetura dos colonizadores e a resistência cabana. Entre a dureza do asfalto e o movimento dos rios, é possível reconhecer um povo que resiste e vem construindo um lugar melhor. No primeiro ano de caminhada para o próximo centenário, nós te desejamos mais cuidado para ti, acessibilidade e representatividade.

#PraCegoVer
Descrição da imagem: Pintura do Ver-o-Peso em tons claros (predominantemente azul), com destaque para o Mercado de Ferro e pequenos barcos no rio. Por trás do Mercado há a silhueta dos guindastes da Estação das Docas e também de prédios da capital. No centro da parte superior está escrito “Terra de cores e de muitos amores por ti, Belém.”. No centro da parte inferior está escrito “12 de janeiro. Parabéns, Belém, pelos seus 401 anos.”. No canto inferior direito está escrito “Facom”.

Post
0 notes
marianagcr · 105 years ago
Photo

Evento - Caldeirada - Comunicação e Cultura 2016

Evento que discute o entrelaçamento entre comunicação e cultura, concebido e realizado pela Faculdade de Comunicação e pela Revista Na Cuia, em parceria com o SESC Boulevard

Planejamento e Produção de Conteúdo & Cobertura

Post
0 notes
marianagcr · 107 years ago
Photo

Oficina - Produção de Conteúdo e Comunicação em Redes Sociais

Oficina ministrada com o objetivo de estimular os alunos a produzirem conteúdos diferenciados com os próprios celulares, revelando olhares sobre os bairros da Campina, Reduto e da Cidade Velha.

Circular Campina - Cidade Velha

(Imprensa: G1 | Guiart )

Post
0 notes
marianagcr · 107 years ago
Photo

Postagem sobre a programação da 13ª edição do Projeto Circular Campina - Cidade Velha | Projeto Circular

Produção & Texto: Mariana Guimarães

Texto:

Vamos (re)descobrir o Centro-Histórico de Belém? Domingo o Reduto, a Campina e a Cidade-Velha vão estar recheados de atividades culturais, e não podes perder!
Para saber de toda a programação é só acessar o link http://goo.gl/nfSMql, e nos acompanhar nas redes sociais.

#vemcircularbelem

Instagram: @circularcampinacidadevelha
Twitter: @circularbelem
Site: http://www.projetocircular.com.br/

Post
0 notes
marianagcr · 108 years ago
Photo

Postagem incentivando o compartilhamento dos momentos da graduação dos alunos | Facom UFPA

Imagem: Márcio Novelino | Texto: Mariana Guimarães

Texto

Ovo, música do Pinduca, listão na rádio. Intermináveis filas do R.U., textos e madrugadas regadas a café. Viagens para congresso, projetos independentes e amigos para uma vida inteira. TCC, beca e canudo às mãos. Ponto final, espaço e próxima linha. Mais do que técnicas e teorias, a Faculdade de Comunicação espera ter contribuído para a desconstrução, reconstrução e descoberta de novos caminhos. Sexta-feira, dia 5, às 18 horas, no auditório do Instituto de Ciências Jurídicas (ICJ-UFPA), a Facom ganhará seus mais novos comunicólogos. E além de convidar a todos, gostaríamos de reviver com os formandos os melhores momentos da graduação. Então, se estás te formando agora e quiseres compartilhar com a gente esses anos de faculdade, é só usar #minhagraduação nas tuas fotos, vídeos ou relatos.

Post
0 notes
marianagcr · 110 years ago
Video
0 notes
marianagcr · 112 years ago
Photo

Oficina - Produção de Conteúdo e Comunicação em Redes Sociais

Oficina ministrada com o objetivo de estimular os alunos a produzirem conteúdos diferenciados com os próprios celulares, revelando olhares sobre os bairros da Campina, Reduto e da Cidade Velha.

Circular Campina - Cidade Velha

(Imprensa: G1 | Guiart )

Post
0 notes